ENCONTRO DE SABERES

Infância e Migração

19/03, sexta, às 20h

duração: 80 min

Link para a atração: 

YOUTUBE  -  FACEBOOK

De acordo com a ONU, há atualmente 28 milhões de crianças que vivem como refugiadas no mundo. No Brasil hoje, o maior fluxo migratório vem da Venezuela, via terrestre, por Pacaraima (RR). Muitas chegam desacompanhadas e sem documentos, em situações de alta vulnerabilidade. O acolhimento assistido é urgente.

Já existe parceria na atuação em rede entre Governo Federal e gestões municipais, agências da ONU e instituições da sociedade civil para a construção de espaços seguros de acolhimento para esta população. Contudo, precisa avançar.

Sobre Aldeias Infantis SOS

 

A organização humanitária global, líder em cuidado infantil, já atua no acolhimento e assistência de famílias venezuelanas por meio do programa Brasil Sem Fronteiras, realizado em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Desde 2017, cerca de 1500 pessoas, sendo 700 crianças e adolescentes, e 370 famílias, já receberam assistência da ONG no Brasil. O programa de interiorização da Aldeias Infantis atua no Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal.

 

Participantes:
Marcela Ulhoa e Yuri Pires (UNICEF / Roraima)
Sérgio Eduardo Marques da Rocha (ONG Aldeias Infantis SOS)
Prudence Kalambay (migrante/refugiada)
Mediador: Pablo Fontes (PPGMC-UFRJ)

Pablo Fontes

Pablo Fontes é professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Mídias Criativas (PPGMC-UFRJ) e pesquisador pela De Montfort University (2019) sob a supervisão do Prof. Dr. Stuart Price no projeto Media Center Discourse. Doutorando em Relações Internacionais pelo Instituto de Relações Internacionais da PUC-RIO e Mestre pelo Programa de Pós Graduação em Relações Internacionais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGRI/UERJ)- 2017. Bacharel em Jornalismo pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) - 2012. Bacharel em Comunicação Social - Audiovisual pela UFRJ -2011.

Prudence Kalambayf

Prudence Kalambay é atriz, modelo, palestrante, empreendedora, ativista dos direitos humanos e Youtuber. Nascida na República Democrática do Congo, está no Brasil há 12 anos. Como modelo, foi eleita 1ª Dama Miss Elegance em 2000 e Miss Bibile [Mulher Bonita] em 2004, dois importantes concursos nacionais de beleza no Congo. Recentemente, participou na abertura da novela Órfãos da Terra da Rede Globo e do Vídeoclipe “Let me be the one” com IZA e Maejor. Participou de apresentações artísticas onde compartilhou as riquezas de sua cultura e desenvolveu e coordena o projeto African Dance, ministrando oficinas de afrobeat.

Marcela Ulhoa

Marcela Bonvicini, jornalista com mestrado em Letras, mora na Amazônia há mais de 6 anos, e tem se dedicada à resposta humanitária no contexto da migração venezuelana em Roraima desde o seu início, em 2017. Tem experiência nas áreas de comunicação, gestão, proteção da criança, gênero, migração e refúgio. Atualmente desempenha o papel de Chefe de Escritório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em Boa Vista. Marcela tem experiência com populações indígenas no Brasil, tendo desenvolvido trabalho junto a ONGs e Governo Federal.

Sérgio Eduardo Marques da Rocha

Sérgio Eduardo Marques da Rocha foi Conselheiro Titular representando a sociedade civil no Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA no biênio 2009/2010 e assumiu a Vice Presidência no biênio 2011/2012, representando o Governo. Atualmente, está como Sub Gestor Nacional - Advocacy, Alianças Institucionais e Cooperação da Aldeias Infantis SOS Brasil. Exerceu o cargo de Coordenador Geral da Politica do Direito a Convivência Familiar e Comunitária da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República no período 2012/2013. 

Álbum FIL Maravilhas

  • Facebook - Black Circle
  • Tumblr - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle