ENCONTRO DE SABERES

Novos formatos da ópera

19/03, sexta, às 19h

duração: 50 min

Link para a atração: 

YOUTUBE  -  FACEBOOK

A ópera, gênero dramático que nasceu no século XVI, foi se transformando ao longo dos séculos, tanto em sua estrutura quanto nos seus espaços de atuação. De que forma os artistas de hoje lidam com essas transformações e as incorporam em suas produções no gênero? 

Nesta mesa, reuniremos dois compositores e uma cantora lírica cujas trajetórias se entrelaçam em criações que passeiam do erudito ao contemporâneo. Conversaremos sobre criação, composição, libreto e infância.

Participantes:

Marcos Lucas (Unirio)

Mário Ferraro

Mediadora: Doriana Mendes (Unirio)

Screen Shot 2021-03-13 at 23.23.00.png

Doriana Mendes

É cantora, atriz-Bailarina, Doutora e Mestre em Música e Bacharel em Canto. É professora de Canto na UNIRIO desde 2013. Fez sua estreia internacional no Teatro de Darmstadt cantando uma ópera de Jocy de Oliveira. Estreou em 2019 a ópera multimídia “Helena y su ventríloquo”, do compositor Daniel Quaranta no Festival MUSLAB (México-DF) e também no XV Festival Visiones Sonoras. Em 2016 protagonizou a estreia da ópera Medeia, de Mario Ferraro, na 1ª edição da Bienal de Ópera Atual, pela FUNARTE. Intérprete expressiva, tem realizado inúmeras estreias mundiais como solista convidada de festivais nacionais e internacionais e também de elencos de óperas, musicais, peças de teatro e de dança.

Screen Shot 2021-03-13 at 23.22.53.png

Marcos Lucas

É doutor em Composição Musical pela University of Manchester e é professor titular da UNIRIO, onde dirigiu o grupo de música contemporânea GNU. É também membro do grupo de compositores Prelúdio 21, fundado em 1998. Em 2017-2018 foi compositor visitante na prestigiada Jacobs School of Music da Indiana University (EUA) com bolsa da Fulbright Foundation. Suas obras têm sido apresentadas regularmente no Brasil e no exterior. Três de suas óperas, uma delas sendo "Stefan and Lotte in Paradise", já receberam estreias no Brasil e na Inglaterra. Possui vários prêmios de composição, incluindo o mais recente da Franz Liszt Foundation  (Torino - 2017).

Screen Shot 2021-03-13 at 23.22.46.png

Mario Ferraro

É professor de música do CAP-UFRJ e compositor de Música de Concerto e Ópera. Licenciado em Música (UNIRIO, 1990), Mestre em Composição (UFRJ, 2002), e PhD in Music - Composition (City, University of London, 2007-2012), foi premiado em concursos de composição clássica no Brasil. Sua música foi tocada em várias partes do mundo, por músicos da Royal Academy of Music de Londres, London Sinfonietta, Nieuw Ensemble de Amsterdam, entre outros. Tem três óperas de câmara em seu portfólio: The Moonflower (2011); "O Comedor de Nuvens", sua primeira ópera para crianças (2013); e Medeia (2016).