• Victor Kallut

"Desde El Azul" inicia de forma esplêndida os espetáculos do FIL

Utilizando bonecos feitos com partes do próprio corpo, Ines Pasic apresentou uma diversidade de personagens e narrativas.


por Victor Kallut


Na manhã deste sábado (20/03), Ines Pasic apresentou, em transmissão online pelo YouTube, o primeiro espetáculo do FIL Festival de 2021: a sua peça chamada “Desde El Azul”. A apresentação foi composta por nove pequenas histórias, todas encenadas pela atriz, que mostram a jornada de diferentes personagens em busca de aceitação, protagonismo e/ou desejo de afirmar a própria existência, como diz a descrição da peça no site do Festival.

As mini-histórias contadas são unidas por um principal fator: todas as personagens são feitas com o corpo da criadora. Em “Bruja o hechicera", sua mão vira o rosto de uma personagem. Já em “Pancheta”, sua barriga ganha nariz e boca, transformando-se em uma face. A capacidade de Ines de criar diversas formas usando apenas partes de seu corpo e objetos simples — como uma pequena bola ou uma máscara — é, com certeza, um dos pontos altos do espetáculo.

Além disso, os contos conseguem ser divertidos e poéticos ao mesmo tempo. “Primer Paso”, por exemplo, mostra um boneco partido em dois que procura se unir a fim de finalmente conseguir andar. As duas partes do personagem acabam entrando em conflito, o que faz com que a poesia da narrativa seja exibida mais facilmente, mas também expõe seu lado cômico: assistir a uma briga de um torso com uma perna faz qualquer adulto ou criança rir.

“Desde El Azul” foi, sem dúvidas, um grande acerto como a primeira peça do Festival. Ines Pasic mostrou um teatro rico e capaz de emocionar mesmo no ambiente virtual. O FIL contará com outras atrações ao longo deste final de semana e também nos dias 26, 27, 28 e 29 de março. Para ver a programação completa, visite o site fil.art.br ou o canal no YouTube.


74 views0 comments

Álbum FIL Maravilhas

  • Facebook - Black Circle
  • Tumblr - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle