• Fil Festival

Influência da cultura Afro-brasileira no FIL: Lançamento do livro “Que bicho passou por aqui?”

Por Fabiana Ghazale, Observadora FIL, extensionista ECO/UFRJ


O Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens (FIL) recebeu, no último sábado (8), Rogério Andrade Barbosa na Livraria da Travessa (Leblon), para o lançamento do livro “Que bicho passou por aqui?”. Durante o evento, o escritor destacou a influência da cultura africana na produção de sua obra.

No livro o leitor aprende com os gêmeos Tabo e Thabang a identificar as pegadas dos bichos que habitam as savanas africanas. O objetivo é oferecer uma experiência interativa, através da revelação de quais são os animais na abertura das dobras das páginas.

Foto: acervo pessoal

No bate papo com o autor, ele contou a origem dessa ideia e as experiências em suas viagens pelo continente africano. Rogério relatou que no ano de 2019, esteve em Gana para um congresso e, durante sua escala na África do Sul, encontrou na livraria do aeroporto um livro de caráter informativo acerca das pegadas de animais africanos. Ali ele se inspirou para transformar essa informação em um conteúdo acessível e divertido para as crianças. “Quando criança, eu viajava através dos livros, hoje em dia eu viajo graças aos meus livros”.

Além disso, Rogério tocou um instrumento de origem africana, “Mbira” (piano de dois dedos), artefato musical utilizado pelos nativos na contação de histórias. O escritor performou uma breve, porém encantadora melodia, e ainda relatou que o povo originário adota a expressão "tão bonito que subimos ao céu” para definir o som emitido.

O riquíssimo evento de lançamento, organizado pelo FIL 2022, proporcionou reflexões acerca da representatividade africana na literatura infantil brasileira. O livro “Quem passou por aqui?’ é uma ótima oportunidade para todos que buscam o enriquecimento cultural das crianças através de um meio tão importante, a literatura.





20 views0 comments

Recent Posts

See All