FIL SAUDADES

1/3

Sinfonieta Braguinha é uma homenagem ao querido Braguinha e seu imenso amor pelas crianças. A história da Baratinha, A cigarra e a Formiga, Festa no céu e Chapeuzinho Vermelho, são alguns dos contos revisitados nesta versão que mistura dois tempos e suas versōes.

 

As três versões de Sinfonieta Braguinha

 

A pioneira versão deste espetáculo aconteceu em 2003, na primeira edição do FIL Festival, com a Orquestra jovem da OSB, octeto vocal de primeira grandeza e regência e arranjos do maestro Roberto Bürgel. A adaptação e dramaturgia de Karen Acioly se inspirava nos Disquinhos coloridos que escutava na infância. 

 

O espetáculo circulou por 4 cidades brasileiras, representou o Brasil no ano do Brasil na França e depois ganhou uma segunda versão, reduzida, em formato de concerto musical.

 

A terceira versão foi realizada em 2021, em plena pandemia, com um trio de cantores e uma pianista, que gravaram separadamente suas participações. A ideia foi reunir um memorial imagético e sonoro, reunindo, assim a história do espetáculo por trás das histórias.

 

Elenco primeira versão:

Karen Acioly

Andre Protasio

Doriana Mendes

Deco Fiori

Madá Nery

Luiz Avellar

Carol Futuro

Amora Pêra 

Leticia Medella

Marcelo Rezende

Marcelo Coutinho

 

 

Elenco segunda versão:

Karen Acioly

Tatih Kohler

Ciro Nogueira

Madá Nery

Carol Futuro

Deco Fiori

Luiz Avellar

Jonas Hammar

Daíra Saboia

 

Elenco terceira versão:

 

Ciro Acioli

Deco Fiori

Claudia Elizeu

Karen Acioly

Luisa Vianna

Sinfonieta Braguinha

org1.jpeg

29 OUT - 11h

Disponível online

até 06 NOV

versão em libras