Search
  • Pedro Werneck Brandão

Um solo protagonizado em conjunto

Espetáculo "Solo Protocolo" é responsável por finalizar a edição de 2019 do FIL

Por Juliana Castro


Alguns registros da apresentação do palhaço Ricardo Gadelha (Fotos: Stefany Oliveira)



E chegou ao fim mais um Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens, a 17º edição do FIL se despediu com um espetáculo pra lá de encantador e divertido. No último domingo (13), foi a vez do Espaço Cultural Sergio Porto virar um verdadeiro picadeiro com "Solo Protocolo", uma peça que apresentou ao público um palhaço que é tão brincalhão quanto é atrapalhado.


Ricardo Gadelha, o ator, apresenta um trabalho versátil que se adequa ao espaço proposto, tendo como diferencial um espetáculo multiplataforma. E foi dentro desse contexto que a apresentação se iniciou, o palhaço Protocolo chegou de supetão pela porta da frente do Espaço Cultural, deixando todos que estavam esperando ansiosos no hall, surpreendidos. Com a sua mala de mão e um carrinho com o restante da bagagem, ele foi chamando o público de maneira totalmente intimista para entrar na sala onde iria ocorrer o restante da atuação.


Conforme as pessoas iam se acomodando na plateia, o palhaço montava ao vivo o cenário, foi como assistir um making of circense. Além das cadeiras, o espaço também contava com almofadas do FIL espalhadas pelo chão, o que aproximou ainda mais o artista do público. Nesse momento se deu a primeira participação dos espectadores, Rafael acabou sendo o escolhido para ajudar a estender o pano de fundo do picadeiro, foi o grand finale da montagem.


Em seguida, o palhaço já iniciava suas trapalhadas, a primeira contou com a ajuda de um balde e duas baquetas, bastou esses 3 elementos para a batucada acontecer. De início, Protocolo teve dificuldades, o que rendeu boas risadas, mas logo conseguiu achar o ritmo e tocou de funk à “We Will Rock You”. Outro ato marcante foi quando o personagem resolveu virar maestro e reger as reações da plateia, um momento de pura troca e conexão entre o artista e o público.


Não poderia faltar um dos clássicos da linguagem circense: o malabarismo. Este também marcou presença e contou com a participação do pequenino Sant, que estava fantasiado de Hulk. Seguidamente, o palhaço deixou todos curiosos ao dizer que traria algo que nunca havia feito. Toda a atenção estava voltada para o centro da sala, os olhos atentos nem piscavam, no fundo uma voz feminina ecoa: “vai ser uma surpresa”. Então, Protocolo surge com duas pernas de pau e as coloca enquanto bate um papo bem filosófico e linguístico sobre a etimologia da palavra entusiasmo. Sem demora, dois homens da plateia são chamados para ajudar, Ricardo e Marcos, mal sabiam o que iriam enfrentar. Foi a maior trapalhada de todas, o palhaço não conseguia ficar em pé, as crianças gritavam “ele vai cair”, porém o inesperado aconteceu, quem se espatifou no chão foi o senhor Marcos.


Após vibrantes gargalhadas, o show seguiu, o palhaço decidiu, então, pular corda ainda com as pernas de pau. Esse foi o ápice do espetáculo, a plateia entrou no jogo: “Será que ele vai conseguir?”, eles diziam, e no fim se maravilharam com o sucesso. Em comemoração, as crianças invadiram o picadeiro e fizeram a maior festa. No último ato, quatro expectadores foram escolhidos para dançarem a dança das cadeiras, após muita ginga e rebolados, as cadeiras foram organizadas de modo que Bob, Felipe, Marcelo e Jimmy deitassem um no colo do outro e Protocolo fizesse a grande mágica. Após retirar as cadeiras, uma por uma, os quatro continuaram em perfeito equilíbrio, foi como flutuar. O público foi ao delírio e o palhaço ovacionado.

O momento em que o palhaço executa sua grande surpresa (Vídeo: Stefany Oliveira)



O espetáculo chega ao fim, Protocolo se despede com uma emocionante e reflexiva mensagem para os pais, chamando atenção para a importância da família estar presente na vida dos pequenos. Além disso, Gadelha agradeceu ao FIL pelo apoio e demonstrou toda a sua admiração pelo projeto. Foi um final com gosto de quero mais. Por isso, digo de antemão: FIL, já estamos com saudade.

40 views0 comments

Álbum FIL Maravilhas

  • Facebook - Black Circle
  • Tumblr - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle